Por que o Biolipo® é indicado para quem quer emagrecer?


Com uma combinação de Cromo, Guaraná e Psyllium, a fórmula exclusiva do Biolipo® tem como ação principal a termogênese. Reduz a vontade de comer doces, regula a função intestinal e o metabolismo de glicose no organismo.

Como componente principal da fórmula, o Psyllium contando com pouquíssimas calorias, é uma planta que produz sementes ricas em fibras. Essa fibra alimentar tem como princípio ativo reduzir o colesterol, prevenir câncer de cólon, aliviar a prisão de ventre e diarreia, sem esquecer a função da regulação do açúcar no sangue, promovendo a redução de peso de gordura corporal.

O papel da Fibra de Psyllium

Considerada como um tipo de fibra solúvel, depois da ingestão do suplemento, ao chegar no trato digestivo, o Psyllium absorve água ocasionando o inchaço da fibra, esse aumento de volume faz com que você se sinta mais saciado e nesse caso acontece a redução da ansiedade, da fome e evita a compulsão pela ingestão de alimentos, além de suas necessidades.

As sementes de psyllium também atuam como laxativo, estimulando o trato digestivo a eliminar resíduos intestinais e regulando a função intestinal. Como outro composto da fórmula, temos o micronutriente Cromo.

Esse nutriente é capaz de trazer benefícios, como auxilio ao combate de diabetes, obesidade e a ansiedade. Podemos considerar o Cromo com propriedades benéficas, tais essas: acelera o processo de metabolização de carboidratos, gorduras e otimiza o papel da insulina.

E por último, o Guaraná que também é apresentado na fórmula do Biolipo®. O guaraná é um aliado muito utilizado por atletas e praticantes de exercícios físicos como um bom recurso ergogênico, promovendo um alto desempenho nos exercícios pelo estímulo de cafeína.

Atua no sistema nervoso central, melhorando a percepção de capacidade física e esforço através da mediação com os neurotransmissores adrenalina e dopamina. Sendo assim, o guaraná atua potencialmente retardando o início da fadiga diante de exercícios prolongados e exaustivos.

Por Loriany de Paula

Comentários

Your email address will not be published. Required fields are marked *