Flexionamento x Alongamento

por Keli Lima

Quero aumentar a minha flexibilidade!

Vamos hoje esclarecer o assunto sobre aumento ou manutenção de sua flexibilidade.

Flexibilidade é uma qualidade física fundamental para a execução voluntária de um movimento de amplitude articular máxima, por uma articulação ou conjunto de articulações, dentro dos limites morfológicos, sem o risco de promover lesão. Porém, nós temos duas maneiras de desenvolver a flexibilidade: MANTENDO ou AUMENTANDO.

O alongamento e o flexionamento se diferem em nível conceitual, metodológico e fisiológico. O alongamento é realizado de forma SUBMÁXIMA, com intenção de MANUTENÇÃO de flexibilidade, enquanto o flexionamento (máximo) visa obter melhoria da flexibilidade. Ou seja, se você quer aumentar a sua flexibilidade terá que realizar um trabalho de Flexionamento.

Uma diferença bem simples entre alongamento e flexionamento é o “sentir”, o alongamento não lhe tira da zona de conforto e até relaxa, pois é feito apenas para manutenção da flexibilidade já obtida, diferente do flexionamento onde ocorrem micro-lesões em fibras musculares semelhantes ao trabalho de hipertrofia porém em direções fibrilares diferentes, podendo até causar dor tardia pós treino.

Normalmente, o trabalho de flexibilidade é prescrito ao aluno com objetivo de melhora postural ou para aumento da amplitude articular que um encurtamento esteja o limitando.

Se o seu objetivo é HIPERTROFIA- saiba que o treinamento de flexionamento reduz significativamente a FORÇA! Então alterne os dias de trabalho de hipertrofia, e flexibilidade, ou fique somente no alongamento pós treino, e aquecimento articular antes de iniciar as séries de seu planejamento.

Comentários

Your email address will not be published. Required fields are marked *